Se aprontando para enfrentar o frio lá fora

Respondendo a questão da Roberta, que também já foi nossa quando chegamos aqui:

Cabelos:

Dizem que não se deve de jeito nenhum sair de cabelo molhado com temperaturas abaixo de zero.

Como tenho amor ao meu cabelinho, não tirei a prova dos nove não, prefiro não arriscar: Saio com ele sempre seco. Trouxe do Brasil meu secador querido-salve-salve, presente do maridão, e não me arrependi, pois aqui existem muitos, muitas marcas, mas não aquelas que a gente tá acostumada (eu sei, o post tá ficando 100% luluzinha, mas vai melhorar!!rsrs). Além disso não vi nada tão cheio de 9 horas igual aos que vemos no Brasil. Fica a dica para quem tem apego a certas marcas.

Roupas:
Até hoje o mínimo que peguei foi temperatura ressentie de -30°C. Então o que vou dizer é válido só até essa temperatura, ok?

Comprei 1 casaco muito bom, de tecido que não aparenta, mas é impermeável (a vendedora jogou agua na minha frente, aconselho esse teste sempre ). Tecido que “respira”. Esse casaco é bom de 0°C a -30°C. Quando está perto de zero, não passo calor. E aguenta o frio mesmo. Até -20, uso uma blusa comum (camiseta de manga comprida ou blusinhas de manga) + esse casaco. Se passa disso, ponho um moleton (nos findis) ou cardigã (para trabalhar) por baixo.

Compramos botas de inverno para neve, mas até hoje só usamos mesmo uma vez, assim mesmo pq era um parque cheio de neve, iamos ficar muito tempo “submersos” na neve , etc…No dia-a-dia, usamos bota de camurça cano alto. Veio impermeabilizada, mas é bom re-impermeabilizar de vez em quando. A Patricia nos deu uma dica ótima e encontramos impermeabilizante para sapatos no Wal-Mart por CAD 7,97. É bom também usá-lo em bolsas mochilas, etc.

Para trabalhar, sim, usamos roupa social, com sous-vêtement pour baixo (nada mais é do que uma fuseau em malha que conhecemos no Brasil como soft. Tem a blusa tb., mas atenção: são consideradas peças íntimas.

A quantidade de sous-vêtements, depende do frio de cada um. Eu por exemplo, uso 1 sous- vêtement e uma calça de malha que finge ser social (é na verdade de malha fria, igual de camiseta, tenho várias cores para poder variar um pouco).

Em relação ao frio, fico numa boa, mas vale lembrar que fico exposta ao frio por no máximo 2 minutos, já que o ônibus para na hora e o ponto é a 10 metros de casa. Lapin-Fille que caminha um pouco mais perto da escola usa 2 sous-vêtements+1 jeans, várias meias, etc.

Meia: eu uso duas grossas, sou pé frio (mas só no sentido literal!!)

Touca: uso só o capuz do casaco.

Cachecol: uso as vezes só para variar, quando canso de ficar com capuz. Neste caso uso protetor de orelha também (parece um fone de ouvido daqueles grandes), comprando pela fortuna de de CAD 1,00 no Dollarama.

Luvas (ou mitenes / mitaine): Essas sim, precisam ser caprichadas. Uso 2 sem dó nem piedade. Uma comunzinha, de lã e outra de malha soft ou as de esportes de inverno mesmo.

Veja fotênhas (exemplos):

manteau

manteau

sous-vêtements:

sousvetement

botas para dia-a-dia:

botas-medias

botas para amassar muita neve:

http://leslapins.wordpress.com/2008/09/29/dicas-de-boas-compras-1/

protetor de zuréba (cache-oreille), comprado no Dollarama:cache-oreille

luvas:

luvas-inverno

mitenes:

mitaineItens conhecidos de todos (cachecol, jeans, luva comum de camelô…) não vou colocar fotênhas, são exatamente iguais os que conhecemos no Brasil. Então não custa repetir: só estou falando de sensação térmica até -30°C, cada pessoa tem uma sensibilidade ao frio e tudo depende do tempo de exposição ao frio.

Há ainda peças que nao compramos (ficamos torcendo para que seja um exagero, rsrs):
– óculos para neve
zoio

– mascara “de motoqueiro”
mascara

Post relacionado:
http://leslapins.wordpress.com/2009/11/07/esquentando-os-pezinhos-no-inverno/

Mais sobre preços de roupas de inverno:
http://leslapins.wordpress.com/2009/01/17/precos-de-roupas-de-inverno-em-montreal-e-regiao/

Abraços

Lapin-Mère

08/01/09

15 comentários sobre “Se aprontando para enfrentar o frio lá fora

  1. Lapin-Mère, muitíssimo obrigada pelas valiosas informações! Pra nós que nunca vimos neve, é complicado imaginar certas coisas hehehe
    Vou anotar as dicas que são muito úteis realmente!
    Obrigada mais uma vez pela atenção!

    Abraço

  2. Ola´pessoal…

    esse é meu primeiro contato com Brasileiros em Montreal… estou com muiitta vontade e necessidade de passar de um a dois anos aí e tenho algumas idéias de por onde começar. Preciso vivenciar a língua pois só fiz 1 ano de francês. Penso em ficar dois meses estudando a língua… ou mais… e depois mais um ano e meio fazendo especialização na área de cultura. Só que pra isso, prcisarei trabalhar. Gostaria de saber como é o esquema de trabalhos para brasileiros… é complicado… quanto os iniciantes ganham… essas coisas.

    Aguardo contato
    Obrigadissima desde já
    Carla

  3. Minha amiga… depois dessa sua postagem mega – ultra e poderosamente completa, só me resta copiar e colar no meu blog!!! hehehe… melhor né ??
    Tento explicar o que usamos aqui de casacos e o povo acha que não é suficiente…
    E dá-lhe spray nas botas e nos tenis também!
    Bjs.

  4. Por favor , onde posso encontrar este modelo de protetor de orelhas para comprar?
    Moro no paraná, e nao encontro deste mesmo modelo ai ok?

    Super Obrigado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *